Startup cria filtros sobre dietas para ajudar os usuários a comprarem online

Plataforma de delivery de supermercado segmenta os produtos, a partir de hábitos alimentares, para facilitar a experiência dos usuários e dos personal shoppers

Integrar os diferentes comportamentos e hábitos de alimentação passará a ser cada vez mais necessário para qualquer negócio que lide com alimentos. Com a profusão de dietas distintas – umas mais restritivas e outras mais flexíveis -, respeitar esse desejo do consumidor é demonstrar que sua empresa entende as necessidades e motivações dele.

Um exemplo de como incorporar as novas dietas à preocupação em proporcionar uma boa experiência ao cliente vem da plataforma de delivery Shipt, dos Estados Unidos. A empresa realiza entregas de mercadorias no mesmo dia, a partir de redes de varejo parceiras, e está em funcionamento desde 2014. 

Pensando em oferecer mais conveniência, conforme os hábitos alimentares dos clientes, a startup lançou uma nova funcionalidade que permite segmentar os produtos em até 20 dietas pré-selecionadas no app da plataforma. O cliente pode optar por produtos pautados por dietas restritivas, como vegana e vegetariana; étnicas, como a mediterrânea, ou opções com foco em saudabilidade, que incluem: baixo sódio, livre de açúcar ou orgânicos. 

Embora pense em facilitar a jornada tanto do cliente, quanto dos personal shoppers responsáveis pelas compras, a empresa alerta que não recomenda o uso da funcionalidade em caso de dietas relacionadas a alergias, como às relacionadas a glúten ou ao leite de vaca. Segundo a Shipt, a startup não pode garantir que tais alimentos não estiveram em contato com alergênicos, nestes casos.