Equipamento oferece sanitização das compras nos check-outs dos supermercados

Conheça a Mark Clean 1.0, solução desenvolvida por um piloto de avião e que se encontra em testes em Suzano (SP). 

A pandemia causada pelo COVID-19 tem fomentado uma série de iniciativas tecnológicas com a promessa de evitar a contaminação e disseminação da doença. Esse foi o ponto de partida para o piloto de avião Carlos Soares, demitido por conta da crise econômica e que aproveitou o momento para criar soluções de sanitização, entre elas a Mark Clean 1.0, uma máquina capaz de sanitizar os produtos no próprio check-out dos supermercados.

No momento, o equipamento já se encontra em negociação para a desinfecção de bagagens nos aeroportos de Confins (Grande BH), Guarulhos (SP) e Brasília (DF), além de estar em testes em um supermercado de Suzano (SP). O produto foi batizado de “Mark Clean”, em homenagem à primeira calculadora automática produzida em larga escala. Veja no vídeo abaixo como funciona o equipamento.

A sanitização acontece por meio de quaternário de Amônio, de quinta geração e biguanida, substâncias aprovadas pela Anvisa e já utilizadas pela indústria alimentícia e hospitalar. Segundo os sócios da Marckclean, os compostos são atóxicos, sem odor, incolores e biodegradáveis, não oferecendo riscos ao meio ambiente ou aos consumidores.

Curiosidades

Soluções semelhantes já foram vistas em diferentes mercados para conter o avanço da pandemia, visto que os supermercados são vitais para a manutenção dos lares e necessitam permanecer abertos. No Brasil, o Grupo DM Racer lançou uma solução de desinfecção dos carrinhos de compras nas lojas do Carrefour.  

Uma das 10 matérias mais lidas aqui no blog APAS Show em 2020 foi sobre uma ação do Pão de Açúcar para ajudar os clientes e reduzir as chances de contato com o vírus. A rede criou um mecanismo que permite aos consumidores abrirem as geladeiras das lojas com os cotovelos, evitando o contato direto das mãos.