Demanda por e-commerce aquece mercado de locação de galpões em SP

Pesquisa feita pela SiiLa Brasil mostra que locação de condomínios logísticos quase dobrou considerando o período entre 2015 e 2020

Um dos pilares dos supermercados durante a pandemia, os e-commerces, estão contribuindo com o crescimento de locações de galpões em todo o Brasil, principalmente devido à aceleração de adaptação ao ambiente digital. De acordo com pesquisa feita pela plataforma SiiLa Brasil, voltada para o mercado imobiliário comercial do Brasil, o aumento da demanda por esses galpões este ano, no Rio de Janeiro, foi maior do que em 2019.  

Considerando o total referente à área locada apenas no segundo trimestre de 2020, a pesquisa registrou 74,7% contra 68% no mesmo período do ano passado. Já em São Paulo, apesar da taxa de ocupação registrar o mesmo percentual do ano passado, com 82% no segundo trimestre, não significa diminuição porque foram incluídos 122,8 mil metros quadrados de novos espaços. Considerando o cenário de locação dos condomínios logísticos em São Paulo entre 2015 e 2020, a quantidade de espaço quase dobrou, saindo de 254,3 mil m² para 430 mil m².