Supermercados: principais indicadores de desempenho para a loja

Conheça as métricas de performance que os varejistas precisam acompanhar diariamente para o maior sucesso da operação

A gestão do supermercado é suscetível aos indicadores do dia a dia da operação e, desta forma, é importante monitorar e identificar qualquer problema dentro da loja para agir rapidamente. Neste material, o blog da APAS Show separou as principais métricas que devem ser analisadas com frequência para corrigir problemas e atingir o sucesso em seu nicho.

Faturamento e Volume de vendas

Acompanhar o faturamento do supermercado diariamente e comparar com outros períodos, é um dos principais indicadores de performance da loja. Além de avaliar o desempenho das vendas, ao detalhar o faturamento, o empresário consegue identificar o desempenho individual de cada setor, e fortalece assim as gôndolas mais enfraquecidas. Como consequência, consegue equilibrar as vendas.

Já o alto ou baixo índice no volume de vendas de um supermercado, comparado com outros períodos, indica que o ponto de venda está evoluindo ou regredindo na operação. Este indicador mostra que a estratégia, que vai desde o fornecedor até a exposição de produtos na loja, pode estar com algum ruído na comunicação.

Margem de lucro 

É preciso entender que as lojas podem trabalhar com uma margem de lucro menor e com grande volume de vendas. Por outro lado, existem pontos de vendas que conseguem atribuir uma margem de lucro maior aos produtos, porém, vender menos em volume.

Atendimento ao cliente

Medir quem entra e sai da loja é um indicador importante para qualquer operação no varejo. Desta forma é possível mensurar se os consumidores encontram os produtos ou desistem da compra por algum motivo não aparente. Alguns softwares facilitam a mensuração de check in e check out das lojas, que podem ajudar a adquirir esses indicadores.

Descontos e cupons concedidos

Oferecer facilidades aos consumidores também é um indicador importante para qualquer supermercadista. O acompanhamento diário e comparativo com outros períodos possibilita monitorar a rentabilidade das vendas de cada loja. É muito importante que o varejista acompanhe regularmente o volume de descontos praticados nos produtos e mantenha a operação em segurança.

Vale lembrar que o percentual de descontos concedidos por cada loja também faz parte dos indicativos mais importantes para o supermercado. Isto porque o acompanhamento, somente dos descontos em valor real, pode distorcer os resultados operacionais da loja.

Tíquete médio

O valor médio que o consumidor gasta no supermercado é medido ao dividir o valor total de vendas pelo número de vendas realizadas. Desta forma, o supermercadista consegue mensurar o que será necessário para alcançar as metas e de faturamento de cada ponto de venda.

Para atingir um resultado ainda mais real sobre a operação, tente mensurar a quantidade média de itens em cada venda. A partir do total de itens comercializados, basta dividir pelo número de vendas, para que a análise possibilite entender o giro de produtos na loja e também o impacto de ações para elevar o valor do tíquete médio.

Custos de manutenção

Este indicador também pode influenciar positivamente e negativamente até mesmo no preço de um produto, caso o transporte até o ponto de venda não for otimizado e eficiente.

Uma loja com um bom processo de manutenção é importante para controlar e baixar os custos da operação, sem perder de vista a qualidade percebida pelo cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.