Como usar indicadores de desempenho para aumentar a eficiência da operação

Não se pode falar em melhoria de resultados no varejo sem abordar indicadores de desempenho. Como o próprio nome já diz, indicador é um valor que possibilita a empresa medir o progresso de suas ações de acordo com as metas estabelecidas.

Para Alexandre Fanfa Ribas, sócio da Falconi Consultores de Desempenho, o uso de indicadores nos supermercados é fundamental para avaliar a performance de cada área (operação, vendas, chão de loja, etc.).  “Ao permitir mensurar cada área, a gestão por indicadores contribui para aprimorar o desempenho da operação como um todo”, explica. Ribas foi um dos palestrantes do Congresso de Gestão APAS 2016, realizado em maio.

Seguindo a metodologia desenvolvida pelo professor Vicente Falconi (e utilizada pelas principais empresas do país, entre elas Ambev e Gerdau), os indicadores de desempenho devem ser direcionados em três níveis: organização, processos e operações. Por sua vez, estas podem ser desdobradas em três necessidades de desempenho: metas, projeto e gerenciamento. “Todas essas operações devem ter como atividades finais o comercial, a logística e a operação”, acrescenta Ribas. Alguns exemplos de indicadores nessas áreas são:

 

tabelca

 

Outro ponto que deve ser levado em consideração são as lacunas e metas. A meta é um objetivo a ser alcançado com prazo e valor estabelecido, enquanto as lacunas são o “começo” e o “fim”da meta. Estas devem garantir a superação dos desafios de sobrevivência da empresa. O próximo passo é o estabelecimento de planos de ação e controle, em que é importante analisar as melhores soluções para cada problema.

Como dicas finais, Alexandre Ribas resumiu os principais aspectos para a criação e acompanhamento de indicadores de desempenho nos supermercados:

  • Defina indicadores para os três níveis de desempenho e
    garanta que exista uma relação de causa e efeito entre eles. Avalie,
    para isso, a cadeia de valor dos seus processos de forma
    detalhada;
  • Com base em lacunas defina metas desafiadoras e factíveis, que
    para alcançá-las seja necessário adquirir conhecimento;
  • Estabeleça ações para alcançar as metas e tornar os processos de
    trabalho mais eficientes. Sempre que possível, proponha fazer mais com o mesmo recurso, isso refletirá nos resultados da empresa;
  • Seja disciplinado na execução dos seus planos, afinal não existe melhoria sem ação!

A apresentação da palestra está disponível para download no site Feira APAS 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.