APAS mostra caminhos para associados superarem desafios no e-commerce

Webinar reuniu especialistas e gestores de supermercados de São Paulo para apresentar soluções diante do aumento na demanda por vendas online

Todo o setor de varejo está sofrendo impacto pela pandemia e o ambiente digital é o refúgio dos consumidores frente ao isolamento social. Hoje, um dos maiores desafios operacionais para os supermercados é o e-commerce. Para levar informações e conhecimento para seus associados, a APAS reuniu especialistas e gestores de supermercados em um Webinar com foco em soluções e sugestões para a imersão da empresa no universo das vendas online.

A demanda pelas vendas online é determinante para que os supermercados tenham presença digital, e, segundo Fábio Veras,  Diretor de TI na Nagumo Supermercados, é preciso que o e-commerce tenha estrutura alinhada com a da loja física. Por outro lado, comprar alimentos perecíveis pela internet sempre foi um trabalho de educar o cliente. “O consumidor está aprendendo a comprar online o produto “in natura” porque o trabalho de aculturamento foi acelerado. Temos grande volume de novos clientes degustando o processo de compra pela internet”, disse Paulo Farroco, CIO do Carrefour.

Para Erlon Ortega, Diretor do Serve Todos, a demanda das lojas que ficam no interior do estado de São Paulo pelas compras online cresceu 400% após a pandemia. “O e-commerce já tinha pouca demanda pela facilidade de locomoção. A partir de agora quem não tem e-commerce, precisa criar o seu. Quem já tem presença online, deve pensar em como melhorar”, acredita.

Comportamento digital

A mudança de perspectiva diante do isolamento social acontece tanto para as lojas quanto para o consumidor, e neste cenário, ambos se preparam de forma mais acelerada. Segundo Júlio Baião, especialista em e-commerce, estamos diante de um novo modelo de relacionamento entre o consumidor e o supermercado. “Ao entrar no ambiente digital, o ideal é começar devagar, atendendo o consumidor seja por telefone, WhatsApp, desde que não seja presencial”.  

Na visão do Diretor do Serve Todos, Erlon Ortega, a entrada no e-commerce devido ao novo cenário de demanda por compras online traz também alguns benefícios para todos os tamanhos de lojas. “Qualquer e-commerce obriga a operação a ter o controle do estoque já que o consumidor tem acesso ao fazer o pedido. Além disso, os clientes idosos se sentem conectados ao fazer uma compra online, principalmente em cidades do interior”, afirmou.

Um dos pilares do e-commerce é a qualidade porque a expectativa e a experiência do cliente se concretiza na hora que os itens chegam em sua casa. “Se esta experiência de compra online não atender ou falhar em algum aspecto, vai frustrar o consumidor”, explicou Diretor de TI na Nagumo, Fábio Veras. 

Confira a íntegra do Webinar da APAS E-commerce e os desafios operacionais frente à Covid-19 clicando neste link.