Número de novos compradores em supermercados online cresce durante a pandemia

Ebit registra aumento de 96% em comparação com semana anterior e mostra que novos e-consumidores em diferentes setores do comércio eletrônico aumentou 12%

A pandemia da Covid-19 é a principal responsável pela expansão de usuários comprando pela internet no Brasil e, segundo a Ebit, empresa que pertence a Nielsen, os supermercados tiveram crescimento de 96% em novos e-consumidores, entre 19 e 25 de março, em comparação com a semana anterior.

De acordo com a empresa que analisa pontos positivos e negativos de e-commerce no país, entre todos os setores, o número de pessoas que comprou pela primeira vez nos canais digitais aumentou 12%. As vendas de maior destaque durante o período de isolamento social, segundo a Ebit, são os itens que compõem a cesta básica, com crescimento de 165% no mesmo período, seguidos por frios (106%), hortifrúti (93%), carnes (59%), e padaria (52%).

Por outro lado, a categoria de Alimentos e Bebidas registrou aumento no tempo médio de entrega diante da grande demanda repentina de pedidos online. De acordo com o Diretor da Nielsen Brasil, Roberto Butragueño, o aumento do tempo é reflexo  de planejamento para atender o aumento da demanda no ambiente digital. “A pandemia tem sido um acelerador para novos consumidores comprarem produtos que normalmente compravam nas lojas físicas”, disse Roberto Butragueño.