Embalagem é importante elemento na decisão de compra

Pesquisa feita pela Two Sides com 400 pessoas mostra como elas podem determinar a aquisição ou a rejeição dos produtos

As embalagens estão cada vez mais influenciando as decisões de compra. É o que aponta uma pesquisa da Two Sides, organização internacional sem fins lucrativos que aponta aspectos positivos e negativos nessa relação.

A instituição, que atua globalmente aborda questões sobre produtos impressos em papel e neste estudo ouviu 400 consumidores brasileiros. O resultado aponta para 99% de influência das embalagens na decisão de compra, seja para o bem ou para o mal, constante ou frequente.

Por um lado, elas são vistas pelos brasileiros com bons olhos por conta das informações que disponibilizam e por proteger os produtos. Já em outra perspectiva, o volume de resíduos e lixos gerado por elas e a sua reciclagem são os pontos críticos, segundo a pesquisa.

Os consumidores que recebem influência constante das embalagens na hora de comprar representa 32%. Já aqueles que frequentemente levam os recipientes em consideração para adquirir um produto respondem por 42% dos respondentes.

Nesta pesquisa, ficou claro quais as principais características que mais incidem sobre a decisão de compra. Proteger o produto (64%), informações sobre o item (52%) e facilidade de abertura ou fechamento (47%). Além destes três quesitos, o consumidor também considera o tamanho das embalagens, sua aparência e a matéria-prima usada para produzi-las.

Entre as embalagens que podem gerar mais lixo, estão pacotes de cigarro, copos de café descartáveis, pacotes de biscoito, canudos, tampas e sacos plásticos. As embalagens de vidro são as preferidas em relação à proteção dos produtos para a metade dos entrevistados (49%), além de serem mais fáceis de armazenar, ter melhor aparência e serem reutilizáveis.

O plástico segue como o maior vilão para os brasileiros quando usado nas embalagens e 83% deles consideram que fazer a sua reciclagem é difícil, principalmente por falta de espaço de armazenamento nas residências. Por outro lado, a maioria dos entrevistados afirma enviar para reciclagem todas as embalagens de papel, metal e plástico.

teste