Supermercados retomam crescimento no Brasil com boa perspectiva para 2019

Pesquisas mostram que o setor começa a reagir à crise econômica e período da Páscoa deve proporcionar alta de 5%

O ano de 2019 começou com boas perspectivas para os supermercados brasileiros em relação às vendas. De acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), houve crescimento de 2.95% em janeiro deste ano na comparação com mesmo período de 2018.

Este crescimento, apesar de significativo, ainda não supera as vendas de dezembro do ano passado no Brasil, período de festas, quando os supermercados tiveram 22% de aumento nas vendas. Segundo a Abras, no ano de 2018, o setor de supermercados obteve crescimento de 2,07% e a estimativa é de que em 2019 atinja 3%.

Em São Paulo, o setor varejista também apresenta dados positivos sobre o faturamento das lojas. Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o ano de 2018 registrou alta de 5,3% no setor com destaque para o mês de dezembro, quando  as vendas atingiram R$ 69,8 bilhões, crescimento de 4% em relação a 2017. Já em relação ao faturamento, este aumento representa pouco mais de R$ 34 bilhões sobre o valor atingido um ano antes.

Estes números fazem parte da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PCCV), que é feita mensalmente pela (FecomercioSP), com base nos dados da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP).

Entre as atividades varejistas pesquisadas neste estudo, somente os supermercados tiveram aumento de 5,3% no faturamento. Na capital paulista, os números mostram que em dezembro de 2018 as vendas no varejo tiveram alta de 3,2% sobre o ano anterior, registrando um montante de R$ 22 bilhões, a segunda maior em dezembro desde 2008.

Outros dados obtidos pela Associação Paulista de Supermercados (APAS) mostram que o faturamento das lojas no estado de São Paulo em operação por no mínimo 12 meses teve aumento nas vendas de 1,83% em janeiro se comparado ao mesmo mês de 2018. O reflexo também fez com que o tíquete médio – o valor gasto em média pelo consumidor – dos supermercados paulistas apresentasse crescimento de 4,44% em janeiro.

A pesquisa também mostra um aumento de 4,15% em unidades vendidas para cada supermercado. Já o faturamento para cada checkout atingiu o total de R$ 257,40 no mesmo mês, uma alta de 2,81%. Ainda de acordo com APAS, o setor deve registrar aumento de 5% nas vendas no período da Páscoa em relação ao ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.