Transformação digital norteia gigantes do varejo

Executivos de Kroger e Walmart abordam o tema durante a NRF Retail’s Big Show 2019 com foco na experiência do cliente

Durante a NRF Retail’s Big Show 2019, um dos assuntos mais abordados por diversos representantes do varejo mundial foi a Transformação Digital. Engajada nesta causa, a rede de supermercados Kroger investe cada vez mais na experiência do consumidor e ganhou destaque no evento com palestra de seu CEO, Rodney McMullen.

Para falar sobre transformação digital, o executivo deu detalhes sobre o “Restock Kroger”, estratégia responsável por reformular toda a experiência e jornada de compra nas lojas por meio de tecnologias e inovações durante os próximos três anos. Segundo McMullen, a evolução proveniente da Transformação Digital tornou a companhia um verdadeiro ecossistema de soluções de varejo alimentar.

A partir de investimento em soluções digitais, a Kroger fechou parcerias com o supermercado online Ocado, do Reino Unido, o gigante do e-commerce chinês Alibaba, a Microsoft e a startup Instacart, entre outras empresas com viés inovador.

Além disso, a rede vem realizando acordos de diversos tipos com empresas que tenham a experiência necessária em programas de fidelidade, ofertas personalizadas, personal shopper, home chef, sem contar as iniciativas de responsabilidade social junto à comunidade. De acordo com o CEO da Kroger, “o varejo do futuro não será nem digital, nem físico, mas sim um ‘resolvedor de problemas’ do cliente”.

Outro gigante do varejo mundial que também testemunhou sobre a Transformação Digital pela qual está passando foi o Walmart. A palestra de Jeremy King, CTO do Walmart, deixou claro que a rede vem se transformando digitalmente em direção ao formato omnicanal. Com esse propósito, a companhia investe forte em ações de aprimoramento da experiência do consumidor, mas com foco na integração de forma natural dos ambientes físico e digital. Os colaboradores também são peça fundamental na engrenagem da Transformação Digital se tornando cada vez mais empoderados pelo uso da tecnologia.

Segundo o CTO do Walmart, hoje o consumidor pode optar por receber suas compras em casa ou retirar os itens em qualquer loja da rede. Porém, num futuro próximo, a rede diz que receberá avisos das próprias geladeiras quando um produto acabar. Atualmente, o Walmart investe em inovações como gôndolas monitoradas por robôs que agilizam a reposição de itens, diminuindo a ruptura.

teste