Tecnologia traz novas perspectivas para o setor supermercadista

Empresas investem cada vez mais em sistemas que otimizam e reduzem gastos das operações em supermercados brasileiros

A mudança proposta pela tecnologia não tem limites e a cada novo software desenvolvido em algum lugar do mundo certamente trará vantagens para um setor específico. Nos supermercados já podemos encontrar algumas tecnologias que prometem quebrar paradigmas e estabelecer um novo patamar de estrutura tanto para seus clientes quanto seus colaboradores.

Ainda é gradativa a inserção das principais tecnologias que podem facilitar a gestão dos supermercados, principalmente no Brasil. Por aqui já temos redes usando self checkouts, sampling interativo, além de outras iniciativas que visam a melhor experiência de compra para o consumidor, seja qual for seu gênero ou idade.

Uma das empresas que estão investindo em soluções para o setor supermercadista é a TOTVS, que recentemente desenvolveu um canal especializado nesses pontos de venda. O BCM (Business Consulting Management) foi criado para ajudar nas áreas de venda, suporte e implementação de soluções nas lojas e sua principal função é levar ao cliente a percepção da melhor entrega de serviços.

A ferramenta criada pela TOTVS permite que o gestor tenha acesso em tempo real a tudo o que é vendido na loja, basta ter um smartphone, tablet ou qualquer outro dispositivo móvel. Neste processo o BCM consegue comparar as vendas com meta diária da empresa.

Desta forma o gestor tem autonomia para tomar decisões baseado em resultados que mostram os índices de cada período. A vantagem é que o gerente supermercadista não precisa aguardar o encerramento do expediente para entender o que pode melhorar e o que não está funcionando na loja.

Outra vantagem que o BCM pode oferecer para a operação dos supermercados é combater duramente um dos maiores vilões das operações: a ruptura. De acordo com a própria empresa a ferramenta consegue reduzir em cerca de 20% as rupturas de produtos seja em estoque ou nas prateleiras.

Ao gerar um relatório o gestor descobre quais os itens com menor e maior saída e qual a quantidade em estoque de cada um. Além disso, a ferramenta da TOTVS consegue identificar o “estoque virtual”, ou seja, itens extraviados que constam no sistema e assim evitar impactos da ruptura nas vendas.

Outra área que vem recebendo investimentos pelos supermercados é a entrega de mercadorias feita pelo fornecedor. O Business Consulting Management conta com um portal onde o fornecedor pode agendar a entrega dos produtos depois de visualizar os horários disponíveis.

O sistema evita que possíveis problemas sejam percebidos somente no pátio de entregas, o que impacta diretamente no tempo de conclusão da entrega. “Nosso papel é levar soluções em tecnologia que atendam às expectativas, entregando melhores resultados e eficiência para a gestão do negócio”, disse Ronan Maia, vice-presidente de Distribuição e Varejo da TOTVS.

Neste mesmo caminho a rede de Supermercados Nagumo, com lojas em São Paulo e Rio de Janeiro, investiu na estrutura Oracle Cloud at Customer visando reinventar sua estrutura de atendimento e experiência de compra com o uso de tecnologias. Para isso a empresa trouxe para suas lojas o autoatendimento e quiosques de rotisserias, açougues, padarias e peixaria dentro dos pontos de venda.

Com este investimento a rede Nagumo tornou seu e-commerce e seu aplicativo (“Meu Nagumo”) novos pontos de contato com os consumidores além de estimular o relacionamento em seu programa de fidelidade. Aliás, desde a implementação o app hoje conta com uma base de clientes cadastrados dez vezes maior do que quando o programa de fidelidade foi lançado, há um ano.

Desde então o Nagumo utiliza realidade aumentada em totens interativos que fornecem dados e informações sobre produtos e ofertas. A principal novidade da rede é o “Açougue sem filas”, onde o cliente escolhe as carnes pelo aplicativo, sem precisar esperar na fila. “Nosso poder analítico sobre o comportamento do consumidor cresceu muito. Podemos personalizar ofertas e valorizar o momento de compra de diferentes consumidores”, comentou Fabio Veras, diretor de TI, e E-commerce e CRM da rede Nagumo.

teste