Ferramenta avalia gôndolas e mostra indicadores nos supermercados

Shelfpix consegue identificar melhores posicionamentos de produtos nas prateleiras

Qual gestor de supermercado não gostaria de obter dados precisos sobre o funcionamento de suas gôndolas? Quanto mais completas são as informações obtidas pela equipe do estabelecimento, maiores são as chances de melhorar a experiência do consumidor, assim como a receita do ponto de venda.

De olho nesta demanda, a startup Shelfpix desenvolveu uma tecnologia que une conhecimentos de redes neurais, visão computacional e robótica para que sejam identificadas variáveis como os melhores produtos, posicionamento, apresentação, sortimento para uma gôndola, além da quebra de estoque e espaços vazios nas prateleiras.

Trata-se de uma ferramenta de medição automática, que faz a captura da imagem da gôndola e transfere para um servidor. Após um processamento via algoritmos, a plataforma consegue comparar com padrões ideais definidos pela empresa. Depois disso, a Shelfpix desenvolve relatórios gerenciais e disponibiliza a base de dados coletados para análise.

O dispositivo consegue estabelecer indicadores para cada gôndola como:

  • Espaço;
  • Presença/ Ruptura de Itens;
  • Quantidade e Variedade de SKUs;
  • Preço;
  • Posicionamento;
  • Material de Ponto de Venda;
  • Avaliação de Ponto Extra.

A ferramenta também pode produzir relatórios gerenciais por geolocalização, classificação de produtos, execução e indicadores pré-definidos. Para isso acontecer, o software faz o cruzamento dos dados obtidos em tempo real com todos os sistemas integrados à Shelpix.

A startup tem como diferencial a medição automática de execução de gôndola por reconhecimento digital de imagens. Tudo isto é baseado no uso de Inteligência Artificial para definir o melhor espaço nas prateleiras e a velocidade com que os itens precisam ser repostos nas gôndolas.

Funcionando a partir de uma rede neural própria, a Shelfpix facilita a operação dos gestores dos supermercados. Em formato de aplicativo, a ferramenta pode ser baixada para um smartphone e capturar as imagens das gôndolas, enviando em seguida para os servidores da empresa. Desta forma, as informações são processadas e dentro de segundos a ferramenta identifica com precisão os principais indicadores para o varejo e as recomendações necessárias.

Esta tecnologia já está sendo implementada em grandes players da indústria supermercadista no Brasil e também na Europa como uma forma de auditar o investimento já feito de maneira mais assertiva, diariamente, para encontrar falhas e virtudes das gôndolas.

teste