Brasileiros valorizam embalagens sustentáveis na hora da compra, diz pesquisa

Estudo da Tetra Pak em 13 países aponta preocupação dos consumidores com práticas sustentáveis e busca por selos que garantem recursos renováveis

Além da diferença de preços entre os produtos de um supermercado para o outro, a falta de informações sobre os processos sustentáveis de cada alimento é a principal restrição dos consumidores brasileiros na hora de comprar um produto. Esse comportamento foi detectado pela Tetra Pak na pesquisa Environment Research, feita em 13 países, incluindo o Brasil, onde 95% dos consumidores demonstram valorizar produtos recicláveis e com selos ambientais.

Esta pesquisa contou com 6.500 pessoas entre 18 e 65 anos, com objetivo de identificar hábitos de consumo, oportunidades de mercado e desafios, além de ideias para inovar na indústria de embalagens. De acordo com a análise, no Brasil, 47% dos consumidores procuram pelos selos ao comprarem bebidas e o mais lembrado no país é o FSC® (Forest Stewardship Council), reconhecido por 26% dos participantes do estudo. Ainda segundo o estudo, 81% dos brasileiros afirmaram ser muito relevante encontrar o logo deste selo de matéria-prima de origem renovável nas embalagens no momento da compra.

A preocupação dos brasileiros com a reciclagem faz do país o mais engajado entre os outros em desenvolvimento. Tanto é que a atividade de preocupação com o meio ambiente mais praticada no país é a reciclagem, já que o estudo Environment Research diz que 48% dos consumidores do Brasil separam o lixo para facilitar a coleta seletiva. “É a prova de que nossos investimentos em reciclagem e materiais de origem renovável estão plenamente alinhados com a demanda do consumidor consciente”, disse Valéria Michel, diretora de meio ambiente da Tetra Pak.

Para 56% dos entrevistados, a motivação principal para a compra de produtos sustentáveis é a preservação do meio ambiente de olho nas futuras gerações. Em contrapartida, 31% dos que participaram do estudo afirmaram que adquirem produtos sustentáveis por conta de seu estilo de vida. No Brasil, as redes sociais são o principal canal usado para obter informações sobre a origem das embalagens e aquelas criadas com plástico de fonte renovável são as mais relevantes.

Custo do material atrapalha maior aderência

Apesar da consciência ambiental dos brasileiros estar em constante expansão, a maior barreira para o consumo destes produtos é o alto custo do material, a falta de informações e a escassez no momento da compra. “O consumidor quer que as marcas e os produtos sejam esclarecedores acerca de seus compromissos ambientais”, explicou Valéria.

Essa foi a motivação para que a Tetra Pak criasse a campanha “Tô de Olho”, com uma websérie que explica como a utilização de matérias-primas renováveis nas embalagens ajuda na conservação do meio ambiente e na proteção dos recursos naturais. Para fortalecer o seu conceito diante do consumidor, a empresa mantém a página Rota da Reciclagem para disseminar suas mensagens nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.