Evite perdas nesse Natal

Expectativa é de crescimento das vendas no Natal

De acordo com a APAS (Associação Paulista de Supermercados), as vendas dos supermercados paulistas para o Natal devem registrar um crescimento real de 1,5% a 2% em relação ao ano passado. Neste contexto, é necessário que os empresários estejam atentos para aproveitar a data – e sem perdas. Veja, a seguir, algumas dicas.

Representando um incremento de 0,5% no PIB nacional, o aumento no faturamento é uma notícia positiva para todos os setores. Geralmente, a recuperação das vendas nos supermercados é um dos primeiros termômetros de melhora em momentos de instabilidade econômica.

Para Rodrigo Mariano, economista da APAS, o setor está otimista, principalmente porque as pessoas estão percebendo os preços mais estáveis nos últimos meses.

Houve quatro quedas seguidas na inflação medida pela APAS/FIPE  —  e o desemprego, ainda que devagar, também cai consistentemente: foi de 13,7% em janeiro para 12,6% em agosto”, explica.

Como evitar perdas no supermercado? 

Apesar do otimismo, é bem comum que os supermercadistas deixem de faturar por causa das inevitáveis perdas. Mas, será que são tão inevitáveis assim?

Além da redução dos lucros, as perdas podem trazer aos supermercadistas outro grande problema: a insatisfação dos clientes.

A melhor forma de evitar perdas está relacionada a ações que visam a prevenção, a partir do engajamento de toda a equipe de colaboradores, com foco no controle de produtos e estoque.

Estoque

É hora de fazer um inventário completo e utilizá-lo como fator básico para a tomada de decisão. Use a equipe para fiscalizar de perto os produtos mais importantes para o Natal e, assim, mantê-los disponíveis aos consumidores.

Tecnologia

Outra questão é apostar em softwares que ofereçam informações do estoque, rotineiramente, para que sejam evitadas as perdas. O pedido de compra é um processo que deve ser automatizado, pois assim pode estimar a demanda dos produtos, estoque atual, estoque de produtos similares, o que ajudará na não compra de produtos desnecessários.

Equipe preparada

Esse momento também é fundamental para que os funcionários estejam treinados. E não importa qual seja o setor (segurança, equipe de vendas, repositores ou responsáveis por realizar o controle de estoque), é fundamental que todos sejam treinados para executar o trabalho da melhor forma possível.

Com informações: InfoVarejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.